Igrejas oferecem auxílio aos idosos em isolamento – Rádio Vida Plena – A palavra de Deus na palma de sua mão

Igrejas oferecem auxílio aos idosos em isolamento

A pandemia do novo coronavírus preocupa autoridades, igrejas e a população do mundo inteiro, uma vez que o número de mortos e infectados pelo Covid-19 não para de aumentar, mesmo com todas as medidas de prevenção sendo adotadas pelos países afetados, entre eles o Brasil.

Por outro lado, a pandemia também tem servido para despertar na população o espírito de generosidade, solidariedade e empatia. Como exemplo, igrejas do Reino Unidos se mobilizaram para oferecer auxílio aos idosos em isolamento.

Parte da iniciativa é por conta da preocupação com o desabastecimento dos mercados locais. Muitos estão comprando excessivamente mercadorias devido ao isolamento, o que tem prejudicado pessoas que não possuem os mesmos recursos financeiros e de mobilidade, como os idosos.

Com base nisso, igrejas como a C3, localizada em Cambridge, na Inglaterra, distribuiu 3.000 folhetos aos membros da sua congregação, motivando-os para a oferta de serviços aos idosos, ainda que os mercados locais já tenham avisado que “há o suficiente para todos, se todos trabalharmos juntos”.

Os panfletos carregam a mensagem “Ame seu vizinho”. Eles são colocados nas entradas das residencias dos idosos com os seguintes dizeres:  “[Seja para] coletar mantimentos, falar ao telefone, pegar uma receita médica, estou aqui para ajudar!”.

A igreja ressalta que os cristãos devem dar o exemplo através das suas atitudes. A oração é importante, mas também iniciativas práticas, tendo como objetivo “orar sobre questões relacionadas à atual pandemia de coronavírus e compartilhar algumas etapas práticas, para que sejamos uma bênção para nossa comunidade neste momento”.

“Em nossos cultos, suspenderemos nossa série de ensino atual para focar nosso tempo em construir a fé em nosso Deus, que está no controle, apesar do medo que está dominando a tantos”, diz a igreja, segundo informações da Christian News.

Recentemente, quem também se manifestou no sentido de incentivar a solidariedade da população para com o próximo foi a primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro. Em um vídeo publicado por ela em sua conta no Instagram, a esposa do presidente Jair Bolsonaro pede a colaboração de todos no enfrentamento ao coronavírus, destacando a preocupação com os idosos.

“Sabemos que temos um grupo de risco: pessoas acima de 60 anos, com problemas respiratórios, cardíacos, diabéticos ou que já tiveram algum problema grave. Por isso, hoje venho pedir o apoio da população brasileira no suporte solidário aos nossos irmãos”, disse Michelle.

Mostre mais
Close